Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Guaíra, segunda-feira, 05 de dezembro de 2022 Telefone (17) 3332-5100

Atendimento Atendimento: De  Seg - Sex 10:00 - 16:00

Domi
04/12
Chuva
Máx 28 °C
Min 21 °C
Índice UV
13.0
Segu
05/12
Chuva
Máx 26 °C
Min 20 °C
Índice UV
13.0
Terç
06/12
Chuva
Máx 25 °C
Min 19 °C
Índice UV
13.0
Quar
07/12
Chuva
Máx 28 °C
Min 19 °C
Índice UV
13.0

HISTÓRIA DO MUNICÍPIO

Historia de Guaíra

 

 

 

Localizado ao norte do estado de São Paulo, a 30 km de distância da fronteira com Minas Gerais, num raio de 460 Km da capital paulista, encontra-se Guaíra, com
1.258.476 km², e uma população de pouco mais de 40.000 habitantes. 

Suas origens remontam ao ano de 1901, na região situada entre os rios Grande, Pardo e Sapucaí, no município de Nuporanga, onde Antônio Marques Garcia, João Garcia de Carvalho Leal e José Dias Nogueira fundaram um povoado no local denominada Corredeira de São Sebastião, no qual Corredeira significa passagem natural do caminho que levava a Santana dos Olhos d’Água (atual Ipuã). 

Mais tarde, passou a se chamar Corredeira do Bom Jardim e em 1908, com a criação do Distrito de Paz, adotou-se o nome definitivo, Guaíra. 

Segundo Aristides Rojas em sua obra “Estudos Históricos”, o topônimo Guaíra é de origem quêchua, do vocábulo “huayra”, significando vento, brisa, etc. Esta versão não é aceita, no entanto, pelos guairenses, que têm Guaíra como origem indígena, significando água brava, corrente ou corredeira, ou mais popularmente como “águas correntes” Tornou-se município em 1928 que foi instalado em 18 de maio de 1929, e comarca em 18 de maio de 1954.
A origem de Guaíra está ligada à terra. A base econômica sempre foi a agricultura. Atualmente abriga três grandes indústrias de açúcar e álcool e uma fábrica de alimentos enlatados. Esta agroindústria é lastreada pelos amplos campos plantados com milhares de hectares de cana, soja, milho, sorgo e culturas irrigadas: tomate, milho conserva, ervilha, batata, feijão dentre outros.

É privilegiada de um clima temperado, com a média de 25 graus, águas abundantes e topografia regular, solo fecundo conferindo condições ideais para o desenvolvimento da atividade agrícola.

O município limita-se ao norte com Miguelópolis-SP e o Estado de Minas Gerais, ao Sul com Orlândia e Morro Agudo, a Leste com São Joaquim da Barra e Ipuã e a Oeste com Barretos.
O acesso à Guaíra é todo por rodovias totalmente asfaltadas. A cidade que ocupa 220ha dispõe dos benefícios necessários a boa qualidade de vida. 

Atualmente é uma cidade agraciada pelas belezas naturais dos Lagos do Rio Grande, com excelentes praias naturais, charmosas pousadas, boa gastronomia, diversas opções de turismo- religioso, cavalgadas, esportivo, cultural e artístico.
Conhecida como Recanto de São Paulo, possui o excelente espaço natural paisagístico Parque Ecológico Maracá, do renomado paisagista natural Roberto Burle Marx, uma escultura modernista a céu aberto de Tomie Ohtake, são as principais  atrações desta cidade paulista de excelente infraestrutura que oferece a melhor experiência do interior paulista.
 

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA
 

Distrito criado com a denominação de Guaíra, por Lei Estadual no 1144, de 25 de novembro de 1908, com Sede na povoação de Corredeira, no Município de Orlândia. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, figura no  Município de Orlândia o Distrito de Guaíra. Foi elevado à categoria de vila com a denominação de Guaíra, por Lei Estadual nº 2328, de 27 de dezembro de 1928, desmembrado de Orlândia, tendo ocorrido a instalação da Câmara Municipal, no dia 18 de maio de 1929, com a presença das seguintes pessoas: Dr. Olécio da Cunha Vieira, Enoch Garcia Leal, Messias Cândido Faleiros, Antônio Santana, Joaquim Osório de Oliveira, Manoel Alves Ferreira, Cap. José Custódio de L. e Silva, André Martins de Andrade, Alfredo Vasconcelos, Antônio Marques Garcia, José Pereira Rocha, Pe. Salvador Sorrentino, Jacinto Amaral Narducci, Rogelino Salomão, Pe. Pio Palácios, Pe. João Neves  olen, Antônio Cândido Alves Pereira, Eloy Lima, Arnaldo Reis Santos, Policarpo Cardoso da Silveira, José Magino de Andrade, João Aleixo de Paula, Matheus Mei, Augusto Alves de Andrade, Jeremy Rocha, Irlandina P. de Quadros,  Sinhá I. de Quadros, Maria José Rocha, Lourdes Lelis, Genoveva Junqueira, Leonor Garcia Leal, Iracema Alves Lima, Sebastião J. Lage, Gastão M. Maia, José de Carvalho Prado, Magino Diniz Junqueira e Realino Garcia Leal, que Assinaram o livro de ata.

No mesmo dia, foram eleitos, os senhores Cap. José Custódio de Lelis e Silva e Enoch Garcia Leal, para ocupar os cargos de Presidente da Câmara e Prefeito Municipal de Guaíra, respectivamente.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Guaíra figura com o Distrito Sede. 

Em divisões territoriais datadas de 31-07-1936 e 31-07-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº. 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Guaíra pertence ao termo judiciário de Orlândia, da comarca de Orlândia, e permanece com 1 Distrito, Guaíra. 

No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943, o Município de Guaíra é composto do Distrito Sede. 

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Guaíra.
Assim figura no quadro territorial fixado pela Lei Estadual nº 233, de 24-XII-1948 para 1949-1953 e na comarca de Guaíra, no fixado pela Lei Estadual nº 2456, de 30-XII-1953 para 1954-1958.
Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-7-1999.

 

 

 

ASPECTOS DEMOGRÁFICOS

POPULAÇÃO: 40.287 Habitantes
ÁREA:1.258.476 Km²
Topografia:Plana
HIDROGRAFIA: Rio Grande, Rio Pardo, Rio Sapucaí e Ribeirão do Jardim.
BIOMA: Cerrado
TEMPERATURA: –Máxima: 40 graus, mínima: 6 graus, média: 25 graus.
RODOVIAS: SP-345 e SP-425
Extensão malha viária – 740 km
Extensão malha viária –vicinais pavimentadas – 44 km
ECONOMIA BÁSICA DO MUNÍCIPIO:Agricultura, Pecuária e Agroindústria.
POTENCIAL TURÍSTICO: Lago Maracá, Escultura Tomie Ohtake, Casa de Cultura, Museu  Municipal, Praça São Sebastião (Jardim Japonês), Balneário Municipal, Zoológico, Vilarejo Guaritá, Capela do Pindoba, Betânia Lar.
ASPECTOS CULTURAIS, FESTAS MUNICIPAIS:Carnaval, Festa do Peão, ECAL Encontro de  Artes Livres, Festa de Santa Luzia.

Portal da Transparencia

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Versão do sistema: 2.0.0 - 02/12/2022

Portal atualizado em: 03/12/2022 11:05:14

Município de Guaíra - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.